© 2017 DUCO

DUCO DESENVOLVE RECOMENDAÇÕES PARA

A POLÍTICA PÚBLICA DE DESIGN DO URUGUAI

Visando melhorar o desenvolvimento econômico do país, o governo do Uruguai, começou a investir na competitividade de setores-chave que pudessem alavancar seu crescimento. O design foi considerado uma atividade estratégica e transversal, de forma que ao crescer, contribuiria para a competitividade do país como um todo.

COM 14 TÉCNICAS E FERRAMENTAS QUE COMPÕEM NOSSA METODOLOGIA, 3 PESQUISADORES E CONSULTORES IMERGIRAM DURANTE 6 MESES, REALIZANDO 18 VISITAS TÉCNICAS, PARA ENTREGAR RECOMENDAÇÕES PARA A POLÍTICA PÚBLICA DE DESIGN DO PAÍS.

Neste contexto, o Cluster de Design, Conselho de Design e a Câmara de Design, passaram a desenvolver políticas públicas de design e a promover o setor. Em busca de estudos e opiniões que embasassem e direcionassem tais atividades, esse grupo de instituições, financiado pelo Ministério de Indústria e com o suporte da Câmara e Conglomerado de Diseño de Uruguay (CDU), nos acionou.

 

Nossa resposta foi um estudo desenvolvido de modo colaborativo, através de nossa própria metodologia. Com a aplicação das ferramentas de Diagnóstico de Design e Benchmark, além da realização de workshop de codesenvolvimento, foi possível visualizar a situação geral do uso do design pelas indústrias do país. Foram usadas 194 métricas de avaliação, também foram feitas análises e comparações de 20 referências internacionais, análises de barreiras, pontos fortes e fracos, identificação de oportunidades, além de discussões sobre cenários futuros.

 

Por fim, foram entregues dois informes: um preliminar, apresentando toda a pesquisa, levantamento de dados e análises realizadas; e outro final, contendo 16 recomendações para alavancagem do setor de design no Uruguai, com planejamento a curto, médio e longo prazos.